quem estou?

Minha foto
sobre os delírios me deito.....a cama desalinhada me enruga... acordo em seguida.... num pulo percebo que delirar é estar sóbria e ser sóbria é estar atenta aos canais pro delirio do amor que tem no mundo

Visitas ao atalho

click tracking

não há nada de errado com o verão, só o outono que parece apressado

há somente um enfeite nos olhos...o olhar

há somente um enfeite nos olhos...o olhar

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

quem acena?

A cena....
-quem, a cena?
-é!

Fim de ano....fim das porcarias do ano....
Feito um intestino de datas corridas, come-se datas o ano inteiro,aí qdo chega o fim a explosão é mais uma data!
Que preguiça das datas coloridas, quem foi que inventou essa barulheira com hora marcada?

As pessoas saem do trabalho , de casa, com uma alegria de entristecer, parece que são convidadas a gozar de outra esfera universal,nessa justa data feliz.

Data apertada, parece dor de barriga....só faltam aqueles seis ou sete dias,pequenos excrementinhos.... como se fosse uma prisão de ventre a última semana do ano.
A gente engole bolas e bolas de horas comprimidas, e depois bebe toda a falsidade no dia escolhido e jura que foi melhor que o ano anterior.
Pra mim os derradeiros dias do ano são como uma vontade insuportável de usar o banheiro de casa, quando se está fora de casa...
Vai chegando perto.... a agulhada vai aumentando mais e mais....você procura a chave da porta da sala, mas só encontra a da cozinha, entra pela cozinha mesmo.
Como tomar proseco no lugar de champagne!
Seu telefone toca no momento em que vc está fechando a geladeira (q tava aberta não se sabe desde que horas), isso pq ta no fundo da bolsa-sacola o celular, e vc apertada pra abrir as calças tem que atender o telefone e ouvir:
-Feliz natal querida...como estão as coisas, ta trabalhando muito?
-Obrigada...feliz pra vc também...trabalhando, sim , sempre...e os seus filhos, vão passar aí no sítio ,dona Ernestina?

Sabe aquelas pessoas que nunca ligam e ligam ,só pq estão na frente do telefone ,prontas pra fazer o seu dia mais feliz?

Pois é...é como decidir se vai jantar em casa ou jantar de branco...

-Dona Ernestina, manda um beijo pro Marquinhos ,pra Fernanda, e fica bem aí, se cuida, da uma diminuída no cigarro ja que vem aí o ano novo né....
-Sim, minha filha, deixa beijos no seu marido, e convida ele pra conhecer o sítio.

O pior de tudo é que uma pessoa q vc herdou da sua família, nem sequer sabe q vc é de sexualidade duvidosa...e afirma sem receio q o seu par é um marido!
Saindo do telefonema lento a minha testa ja tava suada e minha dor de barriga suspensa...
Ja reparou q qdo a gente ta esganado pra usar o banheiro é mais gostoso do que criar um momento pra sentar lá?
A droga do celular me travou de vez...e agora...o que serão das minhas datas do ano inteiro presas no intestino preso...
Não gosto de natal, que fazer faltando tão pouco pra acabar o ano cheio de "quases"?
Tempo de comparar o tempo anterior, de reparar a caminhada, mas isso pode ser feito em solidão...em comidas leves.
E não em comprar, lembrar de comprar, se afogar pra comprar um sabonetinho de luxo pro seu amigo do peito!

Por que é tão normal ficar extravagante no Natal?
Por que as vontades se confundem e pessoas imbecis te saudam na rua?

Queria entender o que acontece com os desejos desse mês


Bom, eu não estou extravagante....Só um pouquinho mais atenta, desejosa, pode ser....
Eu acho o fim de ano uma lotação!
Digerir o ano no intestino grosso em explosões de alívio , que no fundo são implosões de limpeza disfarçadas de alegria por ter terminado....

Quem acena?
A cena!

-Quem é o bobo do semáforo que nem me conhece e quer presentes?
-É um bobo qualquer...nem olhe
-vai ver é meu espelho o que a cena de longe traduz em aceno ....
-ele acena?
-ele é a cena, o tempo inteiro cena...que preguiça de olhar
-vire-se então...o que ele ta pedindo?
-nada, mas quer atenção só pq é Natal!

Quem?
A cena!

Um comentário:

RenatoK disse...

Oi Beatriz, Renato do ônibus, lembra?
quase que minha memória me trai e eu esqueço o nome do blog, mas lembrei esses dias.
Muito interessante a sua proposta de publicaçao. Vim aqui uma vez, já voltei, e vou voltar ainda mais,
um abraço